Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Mundo do Poker

Fiança Negada a Dois Acusados na Invasão a Casa de Duhamel

Jonathan Duhamel
Compartilhe

John Clark e Bianca Rojas Latraverse permanecerão detidos até o julgamento do roubo a casa de Jonathan Duhamel, campeão do Main Event das World Series of Poker 2010. O juiz se referiu a Bianca, ex-namorada de Duhamel, como mentora do crime.

Pierre Belisle, Juiz do Tribunal de Quebec, disse que Bianca repassou informações-chave para os ladrões, uma vez que namorou com a vítima - Duhamel - e sabia onde o dinheiro e pertences estavam guardados e quando ele estaria em casa.

Para Belisle, "O crime foi hediondo, planejado, estruturado e cometido a sangue frio."

O juiz observou que Bianca foi condenada por direção imprudente em Ottawa e que ganha a vida jogado poker no Montreal Casino e no Kahnawake.

"Ela tirou vantagem do seu relacionamento (com Duhamel)... para preparar o plano," disse ele. "Duhamel deveria estar em casa e ela sabia quando ele estaria."

"Como mentora, ele precisa assumir a responsabilidade por suas ações."

De acordo com uma evidência apresentada no Tribunal de Longueuil, Bianca enviou uma mensagem de texto para alguém três semanas antes do crime, dizendo que planeja roubar o seu ex-namorado. Nas mensagens, ela citava dois cúmplices, Clark e Anthony Bourque.

Bourque pagou fiança de $5,000 e deixou a prisão na Terça-Feira. Seu advogado, Christos Karteris, disse que o seu cliente esteve em apuros.

Os três retornarão ao tribunal em 12 de Fevereiro de 2012.

André Robert-Perron, o quarto suspeito, deixou a prisão no mês passado e se comprometeu em comparecer no tribunal em uma data futura.