Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Mundo do Poker

Commerce Casino X Online

Compartilhe
O poker norte-americano está em guerra. Depois de anunciar ser contra a aprovação da lei H.R. 2267, que regulamenta e legaliza o poker online nos Estados Unidos, o Commerce Casino, que fica em Los Angeles e é dono da maior sala de poker e do maior número de mesas de carteado do mundo, vem sofrendo uma série de ataques por parte de jogadores e defensores da nova legislação.

Tom Malkasian, vice-presidente do Commerce Casino, declarou em depoimento antes da aprovação da lei pelo Comitê de Serviços Financeiros dos EUA, em julho, que "a empresa se opõe totalmente ao projeto de lei como foi concebido".

A Poker Player's Alliance (PPA), maior associação de jogadores de poker do país, criou um site chamado "Players Before Profits" ("Jogadores Antes dos Lucros")  onde publica uma carta-aberta ao Commerce Casino expressando sua indignação com o posicionamento da empresa em relação a nova lei.

Na carta, a PPA se diz  "extremamente desapontada com a decisão do Commerce Casino de se opor à nova lei federal que regulamenta o poker online" e afirma que "com a decisão, a empresa coloca seus interesses à frente dos interesses dos jogadores de poker norte-americanos". 

O texto também reforça as vantagens da nova lei para os jogadores e mostra a indignação da entidade: "Jogadores de poker odeiam hipocrisia. Por isso, estamos absloutamente surpresos que, ao mesmo tempo em que se opõe a nova de lei federal de poker online, o Commerce Casino apoia ativamente uma legislação que cria uma segregada rede de poker, exclusiva para a California, criando um monopólio que pode causar sérios danos aos jogadores de poker do estado".

No site "Players Before Profits" a PPA convida os jogadores de poker a participar de um abaixo-assinado em favor da nova lei, cujo objetivo é reunir dez mil assinaturas. Nomes como de Doyle Brunson, Phil Ivey, Tom Dwan, Phil Helmuth, Barry Greenstein, Gus Hansen, John Juanda, entre vários outros, já estão entre eles.

John Pappas, diretor-executivo da PPA, não descarta pedir um boicote de jogadores ao Commerce Casino caso a posição da empresa com relação à nova lei não seja alterada: "A comunidade do poker está lutando com unhas e dentes há anos por uma indústria do poker online nos EUA segura e regulamentada, e fica extremamente chateada em ver "um dos nossos" virar as costas para essa luta apenas para maximizar seus lucros."

A lei H.R. 2267 regulamenta o poker online nos Estados Unidos e cria uma série de mecanismos para garantir a segurança e os direitos dos consumidores, além de licenciar os sites de poker e obrigá-los a ter sede no país. Apesar de ter sido aprovada pelo Comitê de Serviços Financeiros dos EUA, a nova lei ainda está longe de entrar em vigor já que, antes disso, ainda precisa passar por outros comitês e também pelo Congr