Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Torneios de Poker

Circuito 2010 da Fereração Catarinense de Texas Hold'em

Compartilhe
O circuito iniciou-se em 2008 e foi disputado em apenas quatro etapas: Florianópolis (2), Balneário Camboriú e Blumenau. A estrutura era de R$100 + re-buys + add-on, com blinds aumentando a cada 25 minutos. A primeira etapa contou com um field de 80 competidores e a média do circuito foi de cerca de 50 jogadores. O jogador de Florianópolis, Luiz Fernando ‘Maionese’ Hermesmeyer, sagrou-se campeão após vencer a primeira etapa e ficar em quarto lugar na última etapa.

Em 2009, várias mudanças foram implantadas. O torneio tornou-se deep stack e freezeout. Toda a estrutura mudou: buy-in de R$360,00, stack inicial de 15.000 fichas e blinds aumentando a cada meia hora. Nesse ano, foram disputadas oito etapas regulares e uma Mesa dos Campeões. A primeira etapa, desta vez em Balneário Camboriú, contou com 100 jogadores e o circuito teve uma média superior a 60 competidores. O grande Campeão foi Maikon da Cidade de Tubarão, jogador mais regular do Circuito, alcançando vários ITMs e primeiro a vencer duas etapas em um Catarinense - uma regular e a Mesa dos Campeões.

O ano de 2010 começará com força total e espera-se um field médio superior a 100 competidores por etapa. A estrutura será mantida: buy-in de 360,00 reais, stack inicial de 15.000 fichas e blinds de 30 minutos. Porém, o Circuito contará com importantes mudanças: além de um bracelete, o Campeão do Circuito da Federação Catarinense de Texas Hold’em ganhará um pacote com passagem, hotel e buy-in para um evento de US$1.000 das World Series of Poker de 2010 em Las Vegas! Seis serão as cidades sedes do circuito, que será disputado em nove etapas: Balneário Camboriú (2), Blumenau (2), Chapecó, Criciúma, Florianópolis (2) e Jaraguá do Sul – todas em clubes federados a FCTH. Na parte organizacional, a novidade fica por conta da Showdown Eventos, empresa que organizará e fará a direção de todas as etapas de forma transparente, profissional e proporcionando toda a estrutura que esse importante circuito exige. O apoio do Full Tilt Poker também é de extrema importância, seja nos satélites online ou nas parcerias costuradas para melhor atender os jogadores catarinenses no ano de 2010.

O ano de 2010 também contará com uma Mesa dos Campeões, e novamente com uma estrutura diferenciada. O buy-in será de R$500,00, o stack inicial de 20.000 fichas e o tempo de blinds será mantido em 30 minutos.

Participe você também do Circuito 2010 da Federação Catarinense de Texas Hold’em!

Federando-se, você poderá participar de todos os eventos de Texas Hold’em oferecidos por aquelas associações e empresas vinculadas à Federação Catarinense de Texas Hold’em (FCTH).

Apenas as associações e empresas federadas poderão organizar torneios de Texas Hold’em no Estado de Santa Catarina de forma lícita e contarão com todo o suporte técnico, jurídico e organizacional proporcionado pela FCTH.

Por apenas 30 reais anuais, você receberá em casa sua carteirinha de jogador federado e desfrutará ainda de eventuais promoções oferecidas pela FCTH, tais como torneios comemorativos, freerolls, cursos, palestras, entre outros.

A FCTH está alinhada com a Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH), gerida pelo famoso jogador e empresário Igor “Federal” Trafane. A CBTH dispõe de dois importantes laudos técnicos, um independente e de renome e outro da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, onde ambos concluem que o Texas Hold’em é um jogo de habilidade e não apenas mais um jogo de azar. Dispõe ainda de artigos que abordam o caráter jurídico e legal dos torneios e importantes estudos nacionais e internacionais acerca dos fatores sorte e habilidade nos torneios.

Juntem-se a nós nesta luta! Nossa finalidade é reconhecer o caráter esportivo do Texas Hold’em como uma prática lícita, decente, digna e capaz de desenvolver em seus praticantes diversas habilidades, tais como: matemática, estatística, disciplina, controle emocional, competitividade, raciocínio, psicologia, inteligência, objetividade, senso esportivo e sociabilidade.