Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Mundo do Poker

'Mãos que você gostaria de jogar, porém não deve' por Phil Gordon

Compartilhe
Até mesmo os melhores jogadores do mundo cometem erros, e se esses não forem corrigidos, podem pôr o seu jogo em risco. Discutiremos aqui dois erros clássicos cometidos por boa parte dos jogadores.

Primeiramente, você não deve jogar mãos que acredita estar dominado. Estar dominado no hold'em é a morte e então você deve afastar-se do pote onde imagina estar dominado por outro oponente.

Esse princípio vem do Gap Concept, de David Sklansky, que diz você está disposto a aumentar a aposta com mais mãos do que pretende pagá-la.

Se todos desistem e tenho KQo no botão, subirei a aposta. É provavelmente a melhor mão e com ela poderei roubar os blinds. Entretanto, se um jogador fizer um aumento pre-flop no meio da mesa, desistirei da mão quase instantaneamente. O meu KQ pode estar dominado pelo jogador da posição intermediária, ele pode estar segurando AK, AA, KK, QQ ou AQ. É muito difícil ganhar dessas mãos com o meu jogo. Se uma de minhas cartas aparecer no flop, posso perder todas as minhas fichas.

Digamos agora que estou no botão com AQ e pago o aumento do jogador com AK. Trata-se de uma situação 75%/25% e é significamente pior que ter 72o.

Não é fácil desistir com AQ pre-flop com apenas um aumento, mas se você tem razões suficientes para acreditar que seu oponente possui uma mão premim, o seu AQ estará dominado. Mãos ainda mais fracas, como KQ, QJ, Q10 e K10 devem ser rapidamente descartadas quando há um aumento em alguma das posições iniciais da mesa.

O outro erro é a supervalorização das cartas de mesmo naipe. Muitos jogam com A5 ou até mesmo 78 do mesmo naipe esperando acertar um flush no flop. Na verdade, você só fará flush no flop quando possui duas cartas do mesmo naipe 1 em 121 vezes. Isto é, 0,84% das vezes. Isso não acontece com muita frequencia, e quando acontece, geralmente não rende um grande pote.

A diferença percentual de vencer a mão entre A5 de naipes igual contra A5 de naipes diferentes é de apenas 2% ou 3%.

Sendo assim, não se 'emocione' quando possuir duas cartas do mesmo naipe. O fato de que as duas cartas são do mesmo naipe não o obriga a jogar a mão. A força das cartas têm mais importancia do que se elas forem do mesmo naipe ou não.

Quando você for tomar uma decisão antes do flop, lembre-se: não jogue mãos dominadas e nem quaiquer duas cartas do mesmo naipe. Com apenas essas duas dicas, você passará a jogar melhor e poderá ser mais lucrativo a longo prazo.

###

Philip Stewart Gordon, nascido em 6 de Julho de 1970, é jogador de poker, escritor e comentarista. Atualmente mora em las Vegas, Nevada.