Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Eventos de Poker

Rodrigo “Zidane” Caprioli Conquista O Título Do BSOP

Compartilhe

O BSOP voltou a São Paulo neste final de semana substituindo a etapa de Belo Horizonte e o que se viu foi mais um field gigantesco, repleto de estrelas. Mais uma vez com dois dias iniciais, a sexta etapa do Brazilian Series of Poker atraiu 465 jogadores às mesas, gerando uma premiação de R$ 465.000,00 e um prêmio de incríveis $100.000,00 separado para o grande campeão.

O torneio teve início na sexta-feira, 24 de Julho, e o Dia 1A contou com 226 jogadores, entre os quais podemos destacar Gabriel Otranto, Norson Saho, o profissional do Full Tilt Poker Leandro “Brasa” Pimentel, Rodrigo Garrido, Marco Duran, Marcos XT, Rafael Caiaffa e Igor Federal. Ao final do dia, apenas 58 se classificaram para o Dia final, liderados por João Paulo Campos com 144.300 fichas. Marcos XT e Rodrigo “Zidane” Caprioli apareciam bem na lista entre os dez primeiros colocados.

No segundo dia de disputas o número de inscritos foi ainda maior com 239 jogadores e vários que merecem destaque como Grow, Felipe Mojave, Caio Dream, Rafael Vieira, Cláudio Baptista, Juliano Maesano, Lucia Dória, Vini Marques, os profissionais do PokerStars Alexandre Gomes e André Akkari, Mestre Filipe e Ariel Bahia. O dia terminou com 64 jogadores classificados. Dentre eles estavam Cláudio Baptista com quase 130.000 fichas e Lucia Dória com 116.500.

No Domingo, 26 de Julho, os 122 jogadores se reencontraram no H2 Club para determinar o campeão. Estava em jogo também, além de pontos importantes para o Ranking do BSOP, a seguinte premiação:

1º - R$ 100.000,00
2º - R$ 61.000,00
3º - R$ 44.000,00
4º - R$ 33.500,00
5º - R$ 25.500,00
6º - R$ 19.500,00
7º - R$ 14.250,00
8º - R$ 11.500,00
9º - R$ 9.000,00
10º - 12º - R$ 7.400,00
13º - 15º - R$ 6.000,00
16º - 18º - R$ 4.900,00
19º - 27º - R$ 4.000,00
28º - 36º - R$ 3.200,00
37º - 45º - R$ 2.750,00

As eliminações não demoraram em acontecer e com pouco mais de três horas de jogo a bolha da premiação estourou, com dois jogadores eliminados ao mesmo tempo. A organização decidiu que o prêmio relativo à 45ª colocação seria dividido. Mais algumas horas de jogo lideraram para a mesa final, com destaque para Eduardo Seqüela, Lucia Doria e Marcos XT, que chegaram perto da cobiçada mesa final, que com a eliminação de Reinaldo na 10ª posição, ficou assim:

Marcos Franco - 1.161.000 fichas
Rodrigo “Zidane” Caprioli - 1.113.000 fichas
Charles Yamaguchi - 916.000 fichas
Alex Mok - 860.000 fichas
Gualter Salles - 821.000 fichas
David Levi - 584.000 fichas
Fernando Issas - 576.000 fichas
Rodrigo Crespo - 514.000 fichas
Marcos Sucheki - 458.000 fichas
Depois de uma pequena pausa, a mesa final que, na opinião de muitos foi a melhor mesa final já realizada em um torneio no Brasil teve início. O jogo começou cauteloso com pouca ação e quase nenhum flop.

Depois de cerca de uma hora de disputas, dois dos favoritos ao título se enfrentaram em um all-in pré-flop. Rodrigo “Zidane” Caprioli tinha um par de oitos e Fernando Issas {A-Diamonds}-{K-Diamonds}. O bordo não trouxe cartas maiores do que 10 e assim Fernando Issas ficou com a nona colocação e um prêmio de R$ 9.000,00.

Depois de perder o maior pote do torneio até então para Caprioli, Marcos Franco anunciou all-in depois do raise inicial de outra fera na mesa final, Gualter Salles. Gualter deu call imediatamente com um par de Ases e Marcos tinha {9-Spades}-{8-Spades}. Apesar de acertar um par de Oitos no flop, Marcos não teve mais ajuda do bordo e teve que se contentar com a oitava colocação que veio acompanhada de um prêmio de R$ 11.500,00.

David Levi tinha apenas 8.000 fichas e as colocou em jogo com {A-Diamonds}-{K-Clubs}. Charles Yamaguchi estava no small blind e se isolou com {A-Spades}-{10-Diamonds}, para descobrir que estava dominado pelo short-stack. Mas o bordo foi todo a favor de Charles com {4-Diamonds}-{10-Spades}-{J-Diamonds}-{7-Diamonds}-{6-Spades}, eliminando David Levi na sétima colocação, posição essa que lhe rendeu R$ 14.250,00.

Em seis jogadores a mesa final ficou muito mais agressiva, prova disso foi a eliminação de Rodrigo Crespo. A ação chegou em fold até Marcos Sucheki no small blind e ele anunciou all-in de 775.000 fichas. Rodrigo pagou imediatamente com {A-Diamonds}-{K-Diamonds} no big blind e Marcos apresentou {10-Hearts}-{9-Spades}. Rodrigo abriu vantagem ainda maior no flop com {4-Spades}-{J-Hearts}-{K-Clubs}, mas a {Q-Diamonds} no turn mudou a história. Rodrigo precisava de um Dez no river para ganhar a mão, mas ele não apareceu. O pote foi mesmo para Marcos e Rodrigo Crespo ficou com a sexta colocação e um prêmio de R$ 19.500,00.

Marcos repetiu a sua jogada pouco depois, desta vez contra Alex Mok. Alex deu o call com {K-Diamonds}-{J-Spades} e Marcos apresentou {A-Spades}-{J-Clubs}, dominando o seu oponente. Mas Alex acertou um de seus três outs no flop, que trouxe {4-Spades}-{9-Diamonds}-{K-Hearts} para assumir a vantagem, que se manteve com o {5-Hearts} no turn e com o {6-Clubs} no river. Marcos Sucheki que chegou na última colocação em fichas na mesa final ficou com a quinta colocação e recebeu R$ 25.500,00 por seus esforços.

Rodrigo “Zidane” Caprioli estava sumido na mesa final, ganhando na maioria das vezes potes pré-flop com apostas e raises bem colocados, e decidiu completar o small blind. Alex aumentou o mínimo e Zidane pagou para ver o flop com {4-Hearts}-{5-Diamonds}-{3-Diamonds}. Rodrigo deu check como o primeiro a falar e Alex anunciou all-in de 1.425.000. Depois de pensar por bastante tempo Zidane decidiu pagar a aposta com {8-Diamonds}-{4-Diamonds} para o par do meio e um flush draw. Uma mão muito forte, mas que estava perdendo para o straight de Alex que tinha {A-Diamonds}-{2-Spades}. o turn mudou completamente a situação com o {9-Diamonds}, e sem outra carta de ouros no river Zidane levou o pote para disparar na liderança enquanto Alex Mok foi eliminado na quarta colocação com R$ 33.500,00 em prêmios.

O jogo ficava cada vez mais agressivo e em nova guerra de blinds, depois do all-in de Gualter Salles no small, Charles Yamaguchi deu call no big com um par de Seis. Gualter tinha {A-Spades}-{4-Clubs} e precisaria de ajuda para se manter na disputa. No entanto, o bordo com {K-Hearts}-{2-Clubs}-{3-Diamonds}-{Q-Hearts}-{10-Clubs} manteve o par de Charles como a melhor mão, eliminando Gualter Salles na terceira colocação com um prêmio de R$ 44.000,00.

O Heads-Up começou com vantagem de Rodrigo “Zidane”, uma relação aproximada de 2:1 contra Charles. E não demorou até que o confronto se decidisse. Depois de ganhar mais alguns potes e aumentar a diferença em fichas, “Zidane” anunciou re-raise para 800.000 depois do raise de 250.000 de Charles, que respondeu com um all-in. Zidane pagou imediatamente com {A-Diamonds}-{K-Diamonds}, dominando Charles que tinha apenas {A-Clubs}-{3-Hearts}. O kicker de Zidane jogaria no bordo que terminou com {8-Clubs}-{5-Hearts}-{7-Diamonds}-{4-Spades}-{J-Spades}. Carlos Yamaguchi terminou o torneio na segunda colocação e recebeu R$ 61.000,00.

Rodrigo “Zidane” Caprioli, um dos jogadores mais respeitados do poker no Brasil conquistou o título da sexta etapa do BSOP, ganhando além do troféu e de muitas colocações no ranking da temporada um prêmio de R$ 100.000,00! Parabéns Zidane!!!