Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | WSOP

Evento 32, 2K NLHE: Guillen Leva O Bracelete Para O México

Compartilhe
1.534 jogadores desembolsaram dois mil dólares para participar de um dos últimos eventos de No Limit Hold’em desta edição da World Series of Poker . Entre os jogadores que participaram do torneio estavam Ivan Demidov, Joe Sebok, Tiffany Michelle, Shannon Elizabeth, Nam Le, Mark Seif, Chino Rheem, Jon Turner, Theo Tran, Kelly Kim, Chau Giang, Tony Cousineau e Peter Feldman.

Os dez finalistas e suas contagens de fichas eram:

Seat 1 – Angel Guillen – 650,000
Seat 2 – Clark Hamagami – 690,000
Seat 3 – David Vu – 296,000
Seat 4 – Antoine Amourette – 392,000
Seat 5 – Steve Kohner – 564,000
Seat 6 – Chris MacNeil – 665,000
Seat 7 – Eric Ladny – 1,920,000
Seat 8 – Mika Paasonen – 2,070,000
Seat 9 – Jason Boyes – 1,030,000
Seat 10 – Daniel Makowsky – 700,000

David Vu era o short stack e com os blinds em 12,000/24,000, ele moveu all in do under the gun e foi pago por Jason Boyes. Boyes tinha um par de 10's e Vu A-9 off. O par se manteve a melhor mão e David Vu foi eliminado na décima colocação com $38,807.

Daniel Makowsky dobrou com um par de Damas contra o A-K suited de Mika Paasonen, que se recusou a apertar a mão de Makowsky depois da mão. Pouco depois, a ação chegou em fold até o small blind, Angel Guillen, que moveu all-in de 650K. Clark Hamagami pensou bastante e decidiu dar o call com seus 470K. Hamagami se surpreendeu quando Guillen apresentou A-K e precisaria de ajuda já que tinha apenas A-8. O flop trouxe seu Oito, mas ele veio acompanhado de um Rei. Clark Hamagami terminou o torneio na nona colocação com $55,279.

Chris MacNeil moveu all in do botão com A-J de 440K e foi pago por Eric Ladny no small blind com um par de Oitos. O flop trouxe um Ás e MacNeil dobrou. Ladny ainda estava bem com 1.7 milhões. Ladny recuperaria suas fichas ao dar call no all-in de Antoine Amourette com par de Dois. Amourette tinha Q-J e não recebeu ajuda do bordo. Antoine Amourette finalizou o torneio na oitava colocação com $61,421.

Os jogadores então foram para o dinner break e na volta, na primeira mão, Chris MacNeil aumentou para 100K com os blinds em 20K/40K. Mika Paasonen anunciou re-raise e MacNeil rapidamente moveu all in. Paasonen deu o call com A-Q, à frente de MacNeil que tinha K-Q. Nada no bordo e Chris MacNeil terminou na sétima colocação com $71,192.

Daniel Makowsky estava short e moveu all in com par de Três e recebeu call de Steve Kohner que tinha A-K. Kohner acertou um Rei e chegou a 1.3 milhões pouco depois de quase ser eliminado. Daniel Makowsky terminou o torneio na sexta colocação e recebeu $86,548.

O maior pote do torneio até o momento aconteceu entre Angel Guillen e Eric Ladny quando Guillen aumentou para 100K, Ladny deu re-raise para 325K e Guillen moveu all in. Ladny deu o call com par de Dez e precisaria de ajuda para bater o par de Reis de Guillen. Ladny acertou um set no flop, que trouxe um Dez e um… Rei. Guillen dobrou para mais de três milhões enquanto Ladny caia para 550K.

Ladny enfrentaria Guillen novamente ao mover all-in depois do raise de Guillen com par de Valetes. Guillen deu o call com K-10 de paus e acertou dois pares no flop para eliminar Ladny. Eric Ladny foi eliminado na quinta colocação com $108,883.

Guillen anunciou re-raise contra Steve Kohner, o colocando em all in. Kohner deu o call com par de Valetes e Guillen apresentou A-K. Um Rei no flop só comprovou a fase de Guillen, que chegava a 5.4 milhões em fichas. Steve Kohner ficou com a quarta colocação e recebeu $150,761.

Mika Paasonen ganharia um belo pote de Guillen ao mover all-in contra o re-raise para 775K de Guillen. Paasonen ganharia mais fichas ao pagar o raise pré-flop de Jason Boyes. Com o bordo mostrando 9-8-6, Paasonen deu check e Boyes apostou 200K. Paasonen aumentou para 600K e não demorou para que Boyes movesse all in. Paasonen demorou quase cinco minutos para dar um grande call com A-8, à frente do 10-8 de Boyes. O turn trouxe outro Nove e o river um Ás, eliminando Jason Boyes na terceira colocação com $214,974.

O Heads up começou muito equilibrado, com pequena vantagem para Paasonen. Guillen ganhou o primeiro pote com um straight e continuaria a abrir vantagem, chegando a ter 7.3 milhões contra os 2 milhões de Paasonen. Paasonen moveu all-in com A-5 e Guillen deu o call com A-Q. Paasonen acertou um 5 no turn para equilibrar a disputa. Guillen tinha 5.7 contra os 3.6 milhões de Paasonen.

Guillen começou a abrir vantagem novamente ate que Paasonen dobrasse novamente, desta vez com a melhor mão, A-K contra o A-10 de Guillen. Depois de perder grande parte de suas fichas quando Guillen tinha um par de Ases, Paasonen dobrou mais uma vez com A-K contra o Q-7 de Guillen para chegar a aproximadamente 2 milhões em fichas.

A maratona finalmente teve fim depois de um flop com A-K-3, quando todas as fichas entraram em jogo. Paasonen tinha K-10 e Guillen apresentou um par de três para um set. Sem milagres no turn e river e Mika Paasonen ficou com a segunda colocação e $326,203.

Angel Guillen teve um desses dias com o qual todos os jogadores de poker sonham. Tudo o que fazia dava certo para conquistar seu primeiro bracelete da WSOP, um grande feito, depois do segundo lugar em outro evento de NLHE nesta WSOP. Angel Guillen terminou na primeira colocação e recebeu $530,548. Parabéns Angel!