Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Mundo do Poker

Suíça E Dinamarca Propõe Novas Leis Para O Jogo Online

Compartilhe
Em 2008, o governo italiano  tomou a decisão de sancionar e licenciar o poker online, e a idéia está se espalhando por outros países da Europa. Suíça e Dinamarca são as duas nações mais recentes a explorar suas opções de jogos online e aproveitar os efeitos positivos nos impostos para os países.

A Suíça vinha tratando do assunto  há algum tempo, e o presidente do Conselho de Jogos Suíço Benno Schneider vem encorajando o Conselho Federal Suíço a considerar os benefícios do jogo online. Em uma entrevista a um jornal em Dezembro, Schneider se ofereceu para conduzir um teste de um programa licenciado para gerar impostos para o governo e investigar um sistema regulamentado. Uma proposta formal foi entregue ao Conselho na seqüência.

Em Abril de 2009, foi noticiado que o Governo Suíço estava considerando a regulamentação do jogo online. Com loterias e apostas esportivas já legalizadas na Suíça, já há a infra-estrutura para suportar um sistema legalizado. A proposta que está nas mãos dos oficiais do governo pede que as companhias de jogos online solicitem uma licença sob requisitos muito severos.

Embora muitos legisladores pretendam manter o jogo online ilegal, o lado dos impostos é atraente, com estimativas de cerca de 22 milhões por ano. Especialistas apóiam a proposta, e o debate vai continuar até que uma decisão formal seja tomada pelo governo Suíço.

A Dinamarca já está um passo a frente. Depois de 60 anos de monopólio do governo sobre os jogos, o governo anunciou em 21 de Abril que irá mudar o sistema para permitir que empresas se licenciem e atuem no mercado Dinamarquês. Sob pressão da Comissão Européia e processos no que diz respeito ao monopólio, o governo da Dinamarca decidiu permitir que empresas estrangeiras começassem o processo de licenciamento.

O atual dono do monopólio, Danske Spil, parece aceitar a decisão, embora seus ganhos devam ser afetados. O diretor da empresa, H.C. Madsen comentou: “Será bom ter alguma claridade sobre o assunto depois de tantos anos de incerteza. Nós também poderemos oferecer jogos de cassino e poker agora, o que não podíamos fazer antes”.

Assim como a já mencionada decisão do governo italiano, o governo dinamarquês procura aumentar suas receitas oriundas do jogo online através das taxas de licenciamento e do oferecimento de mais opções para jogos online, e procura também satisfazer a Comissão Européia e escapar dos processos pendentes, que está mantido contra outros países como a Finlândia, Hungria, Suécia, França, Grécia e Alemanha.

Se outros países irão se espelhar nos passos da Dinamarca, irá depender da agressividade da Comissão Européia e do sucesso dos dinamarqueses. Com a Itália e a Dinamarca abrindo precedentes no que diz respeito à lucratividade, ao abrir o mercado para outras empresas, outros como a Suíça poderão conduzir estudos e considerar suas opções.