Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Mundo do Poker

Clonie Gowen Abre Processo de $40 Milhões Contra Full Tilt Poker

Compartilhe
Na Sexta-Feira, 14 de Novembro de 2008, Clonie Gowen começou oficialmente um processo contra a Tiltware LLC e o Full Tilt Poker. O caso foi aberto na Corte Distrital de Nevada, e em sua essência, Gowen busca reparação de danos no valor de $40 milhões.

O processo alega que foi oferecido a Gowen um por cento (1%) de sociedade no Full Tilt Poker e da Tiltware, companhia associada, em troca de sua representação da empresa, e ela aceitou sem nenhuma outra compensação monetária desde a época do acordo verbal entre as partes, em 2004, época em que a empresa começou suas operações. Na primavera de 2007 muitos membros do Time Full Tilt Poker receberam cheques de suas partes na sociedade, mas Gowen foi excluída e não recebeu nada. Uma conversa com Howard Lederer sobre as distribuições a fez pensar que ela não receberia o pagamento, e ela alega que Lederer a ofereceu $250.000 por representar a empresa no passado. Ela recusou porque não era o suficiente.

Desde então, Gowen continuou a usar os produtos da marca Full Tilt Poker e promover a empresa, enquanto o Full Tilt começava a deixá-la de lado nas propagandas, nomeando outros representantes. Houve rumores sobre uma briga na World Series of Poker 2008, mas nenhuma declaração oficial a respeito foi publicada. Em 11 de Novembro de 2008 que o Full Tilt Poker notificou Clonie Gowen que liberaria um comunicado a imprensa falando que ela já não era mais parte do Time Full Tilt Poker que ela decidiu abrir este processo.

Estima-se que a empresa vale $4 bilhões e Gowen entrou com um processo por quebra de contrato pedindo $40 milhões por reparação de danos. Ela também alega irregularidades na forma como ocorreu a quebra do contrato, violação do pacto de lisura e boa-fé, enriquecimento sem causa e de fraude na forma de declarações falsas intencionais. Os réus são nomeadas como Full Tilt Poker Tiltware LLC, Pocket Kings Ltd., Kolyma Corporation, A.V.V., Raymond J. Bitar, Howard Lederer, Andrew Bloch, Phillip Ivey, Christopher Ferguson, John Juanda, Phillip Gordon, Erick Lindgren, Erik Seidel, Jennifer Harman-Traniello, Michael Matusow, Allen Cunningham, Gus Hansen e Patrick Antonius. A lista parece incluir todas as empresas envolvidas nas operações do Full Tilt Poker, bem como de todos os membros do Time Full Tilt. Um documento de 20 páginas está no arquivo no escritório da na Corte Distrital de Nevada em Las Vegas.

A Tiltware publicou uma declaração em resposta ao processo: “A Tiltware LLC tem conhecimento sobre o recente processo judicial aberto pela Sra. Cycalona Gowen. Todas as alegações não têm mérito e há muitas imprecisões e afirmações ilegais realizadas pela Sra. Gowen em sua reclamação. A Tiltware LLC espera que esta ação seja tratada em conformidade, através de um tribunal competente em momento oportuno.”