Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Pessoas no Poker

David "Chino" Rheem – Mais Uma Chance Para A Glória

Compartilhe
Somente David Rheem , 28 anos, sabe o que é chegar perto de uma vitória na WSOP e perder. Ele perdeu para Allen Cunningham em 2006, e embora este jogo tenha sido o responsável por uma guinada em sua carreira – foi o que o deu confiança para se tornar um jogador de poker profissional – ele ainda lamenta a chance perdida pelo bracelete.

Ele sempre diz às pessoas que joga pelo dinheiro – Ainda hoje.

“Mas eu não entendia pelo que estava jogando” – disse Rheem em uma entrevista pelo telefone – “Sair daquele confronto me seu a noção do objetivo principal quando eu jogo na World Series of Poker. Um bracelete significa muito.”

“Agora eu sei o que significa.”


Estes 90 dias de atraso para a mesa final foi um grande negócio em muitos aspectos, para ele e para os outros finalistas, diz ele. Ele conseguiu mais patrocínios, e conseguiu ajeitar sua vida, e ele e sua namorada puderam viajar, algumas viagens às custas do PokerStars, para jogar em torneios por todo o país.

Mas tem sido difícil. Imagine um jogador esperando vários meses para uma final de Copa do Mundo.

“Estou tentando não me sentir pressionado”, disse ele. “Mas para ser honesto, é difícil. É naturalmente assustador. Mesmo quando não estou pensando sobre isso, alguém chega e me pergunta sobre a mesa final.”

Ele sabe o que uma vitória neste evento pode fazer por sua carreira. Basta ver o que fez para Greg Raymer, ou Joe Hachem, ou Chris Moneymaker. Todos eles viraram grandes celebridades e ganharam muito dinheiro em publicidade e outras oportunidades. Além disso, eles sempre serão lendas do poker, mesmo que não ganhem nenhum outro torneio em suas vidas.

Mesmo esta pausa sendo muito difícil, Rheem estava feliz em muitas maneiras, talvez mais por poder esclarecer sua prisão no passado por invasão.

“Eu pude esclarecer muitas coisas”, disse Rheem. “Minha vida não era muito organizada antes desta mesa final. Está muito melhor agora. Eu agora posso viver a vida no poker como todos os meus amigos viveram nos últimos quatro ou cinco anos. Tenho que fazer tudo por conta própria agora, e é bom poder fazer as coisas por conta própria.”

Este estilo de vida começou 10 anos atrás, mas não foi antes do confronto com Allen Cunningham, quando ele terminou na segunda colocação em um evento de $1.000 NLHE com rebuys, que ele começou considerar virar profissional. Ele ganhou quase $328.000.

“Significou muito para mim, pois fiquei sabendo ali que poderia chegar lá”, disse Rheem.

Mesmo assim, ele ainda se arrepende de algumas coisas neste confronto, como qualquer jogador que perde um Heads-Up decisivo.

“Definitivamente ele tinha muito mais experiência”, disse ele. “Eu não estava preparado para enfrentar Allen Cunningham de igual para igual. Eu ainda consegui jogar decentemente, mas entreguei no final.”

Ele teve alguns resultados após este evento, mas nenhum tão bom quanto no quarto evento desta WSOP, no evento de Mixed Hold’em, onde ele terminou na quinta colocação e ganhou $93.624.
Isso ajudou com sua confiança, mas Rheem ainda não tinha muitas esperanças entrando no Main Event.

“Meu objetivo era passar pelo primeiro dia”, ele disse. “eu sabia que se eu fizesse isso, eu tinha chance.”

Ele terminou o primeiro dia entre os 10 melhores em fichas, e a confiança de Rheem subiu.

“Eu sabia que com meu estilo, eu poderia pressionar os outros jogadores. Eu realmente terminei muito bem todos os dias, pois estava sempre perto dos líderes, e isso me ajudou muito também, com minha confiança”, disse ele.

Ele admite que recebeu algumas cartas na hora certa – uma vez foi em um all-in com par de Damas contra par de Reis, quando acertou sua Dama – mas ele também acredita que jogou bem.

“Esta era a primeira vez em muitos dias que meu torneio estava em risco”, disse Rheem. “Eu não movia all-in a não ser que estivesse nuts.”

Rheem, que já garantiu no mínimo $900.000, não diz muito sobre suas chances, a não ser que ele não as despreza. No final, ele acredita que o adiamento foi bom. Ajudou o jogo de poker, que precisava de uma novidade, disse Rheem.

Mesmo que a longa espera e o pensamento nos prêmios milionários o deixem louco, ele gostou deste break.

Ele está pronto para jogar.

“É como as férias no verão”, disse ele. “Agora é hora de voltar à escola.”