Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Pessoas no Poker

Mesa Redonda – A Opnião de Annie Duke Sobre a Mesa Final em Novembro

Compartilhe
É um novo ano de poker, novos jogadores e uma nova mesa final. Annie Duke é do Conselho de Jogadores da WSOP e ela teve uma voz forte na decisão de mudar a mesa final. Se você tinha alguma dúvida se essa foi uma boa decisão ou não, Annie tem argumentos convincentes.

KL: Como essa idéia chegou ao Conselho de Jogadores?

Annie:
Eles nos trouxeram a idéia antes de tomarem a decisão final, pois eles queriam ter a certeza que as pessoas que representam os jogadores concordavam com isso. E nós discutimos muito sobre isso. Tinham pessoas apontando os pontos negativos sobre esta mudança, e pessoas apontando os pontos positivos, e foi só uma questão de pesar os pontos positivos e negativos. Todos estavam envolvidos na decisão e existiam muitos mais positivos do que negativos para fazer a mesa final em Novembro.

KL: O que você pensa da idéia que há uma desvantagem dos profissionais, pois os amadores podem receber treinamento e pratica?

Annie:
Isso torna o jogo um pouco diferente, mas não há outro esporte onde as pessoas não recebam treinamento. Pense nisso. Quando as pessoas estão jogando basquete eles estão sendo treinados durante o jogo? Quando as pessoas estão jogando futebol eles estão sendo treinados durante o jogo? Absolutamente. Quando as pessoas estão jogando golfe eles não somente estão sendo orientados, mas o caddy age como um técnico também. O poker foi sempre único e não será um esporte menos individualista do que o tênis ou golfe, onde eles estão sendo orientados durante o jogo, e ainda assim é um esporte individual. Os amadores podem ter uma vantagem agora, pois eles podem receber um treinamento agora, mas o que existe entre os profissionais e amadores vai continuar existindo. Se eu sou um jogador melhor que você eu vou usar a informação que vejo na TV melhor do que você, eu vou usar o treinamento melhor do que você.

Você verá que os profissionais ainda serão melhores que os amadores, Isso ajuda os amadores? Provavelmente, pois eles podem agora receber treinamento para melhorar seu jogo nestes três meses entre a formação da mesa final e a disputa da mesma. Ao mesmo tempo eu posso argumentar que qualquer jogador que chegou à mesa final da World Series of Poker é provavelmente um bom jogador. Isso dá uma nova dimensão ao fato. Quem poderia usar melhor o treinamento disponível? Quem poderia usar melhor as informações? Eu não acho que isso seja ruim.

Eu acho muito interessante, um dos argumentos do meu irmão que eu achei excelente foi que quando as pessoas começam a falar da pureza do jogo e coisas assim, se eles são mesmos puritanos, nós nunca teríamos permitido as câmeras para filmar as cartas dos jogadores, pois isso muda completamente a cara do jogo, mais do que qualquer coisa que essa mesa final possa mudar. Ao mesmo tempo em que os profissionais estavam muito apreensivos, dizendo que não queriam seus segredos revelados, não queriam que as pessoas pudessem ver suas cartas, pois esse é um jogo onde você precisa adivinhar estas informações. Eu tenho certeza que hoje ninguém desfaria esta decisão. Ninguém, nem mesmo as pessoas que não queriam de jeito nenhum, jamais voltaria atrás. Esta decisão junto com o poker online criou a economia que temos hoje no poker.

Sem estas câmeras não teríamos Chris Moneymaker. Isso mudou completamente o curso da história. Eu acho que todos nós temos que entender que os esportes evoluem e isso é uma evolução do esporte que será boa para ele. Vai criar mais interesse pelo jogo, mais interesse pela mesa final, mais expectadores para o poker e isso tudo acaba sendo bom para cada indivíduo envolvido com o poker. Todos. Eu acho que precisamos entender e pensar antes de falar pureza e se vai mudar isso ou aquilo, precisamos olhar para trás e lembrar da grande decisão que foram as câmeras nas mesas e pensar se alguém mudaria isso hoje. Se a resposta é não, eu não mudaria, então precisamos estar abertos para as mudanças no esporte.

KL: Você acha que se isso tivesse acontecido alguns anos atrás teríamos campeões diferentes?

Annie:
É muito difícil prever isso. Tivemos alguns vencedores nos últimos anos que mostraram grandes resultados desde então. Existiram também jogadores que depois da vitória não apresentaram nenhum resultado digno de um campeão de Main Event na WSOP. Não podemos saber. Tudo muda. Você espera três meses e as cartas seriam embaralhadas de maneira diferente, os jogadores receberiam cartas diferentes. Existe este elemento randômico no jogo que poderia ter mudado se a mesa final tivesse acontecido em um dia diferente. É difícil dizer, mas o fato é que se você tem uma mesa com nove jogadores, e está falando sobre poker, para saber quem é o melhor, com que freqüência ele irá vencer? Obviamente ele venceria mais do que uma em nove vezes, mas e sobre a equidade em fichas para determinar o melhor jogador entre eles. Poderíamos jogar as mesmas mesas finais anteriores no mesmo dia e não é claro se a mesma pessoa venceria. Eu acho que isso é perda de tempo. Não saberíamos nunca se o mesmo jogador ganharia ou não por causa do elemento randômico que tem a ver com a distribuição das cartas.

KL: E sobre os jogadores “running hot”?

Annie:
Cada mão é um evento independente. Isso é muito relativo. Só porque você vem ganhando algumas mãos não significa que você ganhará mãos no futuro. Há o fator imagem na mesa. A boa fase do jogador ajuda na sua confiança e você tem uma imagem na mesa que te ajuda. Pode aumentar a probabilidade de você ganhar uma mão no futuro, mas a probabilidade de isto acontecer não é previsível. O jogador seria capaz de manter aquela imagem na mesa? Pode ter um abismo entre os três meses, outras pessoas podem recuperar sua confiança, podem chegar mais arejados à mesa, outros sentirão mais pressão do que sentiriam de um dia para o outro, mas é tão difícil de prever estas coisas. A idéia de que o jogador está em uma boa fase e que ele matematicamente não irá retornar à mesa é ridícula.

KL: Como você acha que isso afetará o jogo como um todo?

Annie:
Eu acho que isso definitivamente afetará em alguns aspectos sobre como a mesa final será jogada. As pessoas poderão arrumar instrutores melhores, poderão ajustar o seu jogo em relação aos oponentes. Eles poderão perceber tells que não perceberiam se não fosse esta pausa de três meses.

Mas é aí que isto se torna muito interessante, pois ao mesmo tempo os jogadores poderão se assistir e perceber os padrões que eles vinham adotando, eles podem perceber que tipo de tells eles deram e como eles podem contra-atacar mudando seu comportamento. A vantagem que eu tenho em te estudar é a mesma que você tem em se estudar.

Existirá todo este tipo de estratégia? Absolutamente. Mas não irá mudar o fundamento do poker, pois o poker é sobre usar informações para descobrir os padrões de outros jogadores, os tells deles, descobrir a melhor maneira de contra-atacar o que você viu e o que você irá mostrar. Neste caso eles terão muitas informações para isso, mas isso sempre foi a parte fundamental no poker, usar o que você vê para desenvolver a melhor estratégia contra seu oponente.

O ponto é que a grande coisa do poker, as câmeras nas mesas, o atraso da mesa final, tudo isso irá impulsionar o poker e vale a pena, mesmo que você esteja se doando em termos do que isso faz para o jogo. Eu permiti que as pessoas vissem minhas cartas com as câmeras nas mesas, e como retorno eu ganhei o Main Event da WSOP pulando de 839 jogadores para mais de 6000. Eu faria isso o tempo todo.

* Como uma roda, a Mesa Redonda é um círculo de aventuras e vitórias, derrotas e histórias de vida e como ela se desenrola com um elenco de personagens que podem, ou não, ter entrado na sua casa em um programa de TV. Existe muito mais no poker do que você vê na TV. Embora eu não use telas, eu vou pintar para vocês a imagem completa de alguns de seus jogadores favoritos (ou desconhecidos). A Mesa Redonda é uma série de vida atual.*