Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | WSOP

Vistas e Sons da WSOP 2008 – Metade da Série

Compartilhe
Um tema para definir a WSOP deste ano pode ser “O ano dos profissionais”.

Braceletes e mais braceletes estão sendo ganhos por profissionais, e as mesas finais estão repleta deles.

Alguns nomes dominam a WSOP até agora, como Chris Ferguson, com 4 cashes, dois deles em mesas finais.

Clonie Gowen também já tem 4 cashes, com um 15°, um 60° e dois 34° lugares.

David Benyamine já fez três mesas finais, e ganhou seu primeiro bracelete no Evento de $10.000, Omaha Hi/Lo.

Phil Ivey é um dos poucos profissionais que ainda não brilharam, embora ele aposte que vá chegar. Ele tem uma aposta com Huck Seed.

Phil está jogando todos os eventos possíveis, jogando em mais de um ao mesmo tempo em algumas ocasiões. Houve rumores que ele jogaria o Evento para mulheres. Ele tinha alguns assistentes procurando alguma regra que estipulasse a não participação de um homem, e não tinha.

Ele não apareceu para jogar naquele dia – talvez por não estar se sentindo a vontade com seu lado feminino aquele dia.

Uma coisa interessante que aconteceu no Evento #38, $2,000 Pot limit, foi um erro do dealer que poderia ter mudado o rumo do evento.

Quando estavam jogando cerca de 50 jogadores, a mesa com Michael Binger e Shane Schleger teve um erro. O dealer anunciou esse erro e coletou as cartas dos jogadores. O interessante é que:

O Chip leader Michael Binger recebeu J-J under the gun com 190,000 fichas.

• No Seat 3 o jogador recebeu A-Q de copas com 30,000 fichas
• Shane Schleger tinha K-K com 150,000 fichas
• O botão tinha A-K off com 40,000 em fichas

É bem provável que sem o erro do dealer, um ou mais jogadores seriam eliminados, e um deles acabaria com muitas fichas.

Binger não estava bravo, e provavelmente teria dado fold pré-flop com tanta ação. Schleger não pareceu se preocupar com a situação também, segurando a mão dominante.

Nenhum destes jogadores terminou por fazer a mesa final deste evento, e Davidi Kitai da Bélgica ganhou o bracelete.

O placar entre os profissionais e amadores neste ano, até agora, é esse:

• Profissionais: 30
• Amadores: 5
• Semi-Profissionais: 2

Com apenas duas semanas restantes, e com a loucura do Main Event pronta para começar, será interessante ver o que acontece.