Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | WSOP

Diário do WSOP: Tom Schneider – Jogador do ano em 2007 pronto para repetir

Compartilhe
Fora do mundo dos altos limites em cash games, Tom Schneider causou um impacto no cenário de torneios de poker nos últimos anos. E o espetacular ano de 2007 no World Series of Poker o elevou a um estágio que somente ele poderia imaginar.

Nas mesas, Tom é um jogador tímido, nunca fazendo uma grande cena ou um espetáculo dele mesmo, demonstrando respeito aos outros jogadores e ao jogo em si. Pode ter sido os anos que ele passou nos mais altos níveis do mundo empresarial que o ensinou valiosas lições e que o ajudou a se tornar um dos mais respeitados jogadores de poker.

Mas o tempo todo, Tom ficou sob o radar de muitos pelos seus anos jogando torneios. Ele teve 2 cashes no WSOP de 2002, um dos quais foi uma mesa final no evento de pot-limit Holdem de $3.000. Ele teve um cash no WSOP de 2003, e muitos outros resultados nos últimos anos, mas em 2006 as coisas começaram a melhorar. Ele não só fez uma mesa final em um evento do WPT no Reno, terminando em terceiro, mas também chegou em sétimo em um evento do WSOP no Ceasars além de um quinto lugar no torneio de $1500 Shootout do WSOP.

Aí chegou 2007 e foi quando ele deu uma reviravolta no WSOP. Ele começou sendo o Campeão do evento $2500 Omaha/seven-card stud hi/lo 8-or-better, e chegou na mesa final do torneio de $2500 H.O.R.S.E. na semana seguinte terminando na quarta colocação. O coroamento foi a vitória no evento $1000 seven-card stud hi/lo 8-or-better algumas semanas mais tarde. Ele foi apontado como o jogador do ano no WSOP de 2007. Mais pro final do ano, ele também fez uma mesa final do WPT no Bicycle’s Legends of Poker, no Evento dos Campeões do WSOP Caesars Indiana e muitos outros resultados em eventos de menor proporção. Foi um excelente ano para Tom.

Então, quando ele chega para o WSOP de 2008 para defender o título de jogador do ano, ele ficou chocado em ver que sua foto não estava na parede dos campeões. Pela primeira vez, o Harrah’s decidiu prestar uma homenagem aos jogadores do ano de 2004 até 2007, mas o banner de Tom estava faltando na parede destinada aos campeões no dia anterior ao início do WSOP. Foi aí que Tom falou sobre seus objetivos este ano no WSOP.

JN: Quais são os seus planos para o WSOP 2008?

TS: Eu tenho novos objetivos após chegar ao WSOP. A ausência da minha imagem como jogador do ano de 2007 me faz mais determinado a ganhar o título de jogador do ano em 2008 para deixar dois espaços em branco na parede do WSOP do ano que vem. Se você não entende o que estou falando, Julie (sua esposa) e eu estivemos aqui ontem para o WSOP, e eles tinham feito um excelente trabalho no salão com fotos de todos os vencedores dos eventos principais. Este ano, eu acho que é uma novidade, eles têm os jogadores do ano de 2004, 05 e 06 e há um grande espaço em branco onde o vencedor de 2007 deveria estar. Eu não sei por que, mas esta é minha nova inspiração. Eu sempre gosto de me inspirar para realizar algo, como se alguém diz que eu não posso fazer algo, eu busco inspiração daí.

JN: No ano passado, você traçou objetivos bem específicos para ganhar dois braceletes e o título de jogador do ano. Você tem planos semelhantes para este ano?

TS: Este ano, eu quero ganhar dois braceletes. Eu vou jogar mais eventos do que no ano passado, e vou jogar em muitos mais eventos de no-limit Holdem. Eu estava realmente enjoado de No-Limit no ano passado e só joguei uns 2 ou 3 deles. Eu vou jogar agressivamente para tentar ganhar o torneio, se eu perder, sigo em frente. Virtualmente todos os dias neste ano, eu vou jogar um torneio. Se não estiver em um do dia anterior, entrarei em um evento novo. É uma estratégia um pouco diferente, pois estarei jogando mais eventos. Meu objetivo é realmente o de ganhar dois braceletes, o que vai me ajudar a ganhar o título de jogador do ano, pois eu sei que ninguém conseguiu ganhar duas vezes seguidas, e isto será legal.

JN: Quantos eventos de Campeonato Mundial você irá jogar?

TS: Eu provavelmente jogarei todos os eventos de campeonato exceto o evento de heads-up. Minha experiência em campeonatos de heads-up não é das melhores. Se você jogar por um período de tempo eu acho que os all-ins começam a ficar constantes, e eu não tenho esta experiência necessária em heads-up, então sinto que seria como desperdiçar meu dinheiro. Eu talvez não jogue o evento de Seven Card Stud também, eu acho que Stud é o meu pior jogo, e talvez eu não entre na disputa deste evento.

Nota: No início oficial do WSOP em 30 de maio, a foto de Tom estava pendurada no lugar apropriado na parede dos campeões.