Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Notícias | Pessoas no Poker

Mesa-redonda - Alex 'AJKHoosier1' Kambris Parte para o poker ao vivo

Compartilhe
Parte do tempo estudante, e parte do tempo jogador profissional de poker, Alex Kambris está tentando unir as duas coisas. Os 21 anos recentemente completou, permitiram a Kambris acrescentar eventos ao vivo no seu currículo. Ele já ganhou vários grandes torneios online, ganhando mais de US $ 400000 e agora pretende continuar com o mesmo sucesso ao vivo.

KL: Com que freqüência você jogar poker?

Alex: Geralmente numa média de quatro dias por semana e talvez com 10 horas por sessão. Algo como 40-50 horas por semana.

KL: Que jogos e limites?

Alex: Somente torneios, principalmente os maiores torneios no PokerStars e no Full Tilt Poker.

KL: O que você fez no poker que te deixou mais orgulhoso?

Alex: Só o fato de eu ter sido capaz de equilibrar uma carreira no poker com uma vida normal. Não me deixei dominar por isso. Vou voltar à escola no outono e acho que estou muito orgulhoso do fato de eu ter sido capaz de ser tão bem sucedido como eu tenho sem deixar o poker tomar conta totalmente da minha vida.

KL: Qual é a sua coisa favorita sobre o poker?

Alex: A competição, eu acho. Por algum tempo eu tentei encontrar algo em que eu poderia vencer todos os meus amigos. Poker foi uma das primeiras coisas que funcionou muito bem. De lá, eu só melhorei. Gosto de bater as pessoas! Não importa no que eu só queria ganhar e o poker é definitivamente uma intensa forma de concorrência quando você está lidando com dinheiro. Quando você está jogando um torneio, você está jogando para tanto, que é uma intensa e emocionante espécie de competição para mim.

KL: O que você estaria fazendo como trabalho, se não isso?

Alex: Eu sou formado em finanças, então acho que seria algo nesse departamento. Eu realmente não posso afirmar com certeza. Penso que uma outra grande coisa sobre o poker é que me permite evitar um trabalho normal, aquele que você entra de manhã e sai à tarde, porque não creio que possa lidar com um trabalho assim, ele simplesmente não funciona para mim. Eu acho que se eu não estivesse jogando poker seria algo na área financeira, como um corretor de ações ou algo parecido. Outra coisa com dinheiro, acho.

KL: O que você faz no seu tempo livre?

Alex: Eu tenho feito uma série de viagens ultimamente, o que eu realmente não gosto, eu gosto de estar em casa e conseguir relaxar. Por aqui, eu vivo em Bloomington, perto da Indiana University. Nós vamos bastante para os bares por aqui. Nada muito empolgante, mas é o tipo de coisas que fazem os estudantes universitários que eu realmente não tinha a oportunidade de fazer por estar em aulas ou coisa assim. Quando eu estou aqui eu gosto de fazer o tipo de coisa normal que a maior parte dos caras com 21 anos de idade fazem.

KL: Você não vai abandonar a faculdade então?

Alex: Não, eu tirei os últimos 2 anos de folga para que eu pudesse jogar poker em tempo integral, viagens e tudo isso, mas estou voltando definitivamente no outono. Já estou registrado, eu sinto que é algo que eu deveria fazer. É ainda muito importante para mim e importante para a minha família. Sim, estou definitivamente voltando.

KL: O jogo de quem você respeita?

Alex: Um grande número de pessoas, é difícil escolher alguém especificamente. Jogadores online pelos que tenho respeito são Mr. Menlo, penso que a quantia que ele joga e o montante que ele ganha é absurdo. Há um monte de caras, não quero citar apenas alguns para que outros não pensem que eu não os respeito ou que eu esqueci sobre eles. Quanto aos jogadores ao vivo, tenho jogado com Negreanu algumas vezes e ele me pareceu bastante sólido.

KL: Como você descreve seu estilo?

Alex: Eu sou bem tight/agressive. Eu não faço algumas das jogadas malucas que alguns fazem, e não saio do meu estilo para tentar ganhar as mãos, eu só deixo a situação ditar o meu jogo. Não tento forçar as coisas ou tento ser capitão da mesa. Eu jogo um jogo bem tight e simples. Eu acho que jogo bem.

KL: Você acompanha os rankings online como pocketfives.com?

Alex: Sim, acompanho; sei onde estou. Eu não me empolgo com isso. Há uma série de fatores que não são importantes realmente, como o volume; se você jogar bastante você pode fazer com que sua classificado fique bastante elevada e isso não o torna um grande jogador, pelo fato que pode jogar 20 horas por dia, todos os dias. Eu só me preocupo em saber onde eu estou classificado ou onde as pessoas pensam que estou no mundo do poker apenas por causa da concorrência, estou tentando ser o melhor ou um dos melhores e essa é uma forma de aferição que acho. Eu não faço disso uma grande coisa.

KL: O que está acontecendo com você agora?

Alex: Eu acabei de assinar com o pokericons.com e estou procurando um patrocínio com um dos sites para usar o seu logotipo e jogar os eventos ao vivo. Tenho várias coisas a fazer antes da World Series, estou jogando Foxwoods, o Monte Carlo e os torneios do Bellagio, de modo que seria ótimo ter um patrocinador para a viagem, porque haverá várias acontecendo. Neste momento é isso até eu voltar à escola no outono.