Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Estratégia | Estratégia para iniciantes

Melhore O Seu Jogo Em Seis Dias

Imprimir
Compartilhe
Você já se viu em uma situação de cometer os mesmo erros vez após vez sem saber o que você pode fazer para corrigir? Não é incomum para jogadores de poker experientes desenvolverem padrões de jogo. Eles veem seus bankrolls diminuírem vagarosamente sem saber o que está acontecendo. As vezes, o melhor que nós, jogadores de poker, podemos fazer, é voltar ao básico para reaprender os velhos conceitos ou aprender novos.

Este artigo irá te ajudar a cumprir esta tarefa com uma “desintoxicação” de seis dias. Eu passarei um conceito para cada um dos dias e pedirei que você siga a risca o que eu passar. Ao se forçar a aplicar estes conceitos, você conseguirá entender o propósito por trás da idéia. Além disso, te ajudará a perceber como os outros jogadores jogam quando você usar um dos conceitos discutidos aqui. No final dos seis dias, você terá aprendido algumas coisas para sacudir o seu jogo e talvez levá-lo a outro nível.

Todos estes conceitos se aplicam a torneios multi table, como os jogados no PokerStars e no Full Tilt Poker, mas podem também ser usados em cash games e Sit & Gos na maioria dos casos.

Dia Um – Desistindo de mãos dominadas

Instruções: desista das seguintes mãos sempre que alguém aumentar e você estiver nas três primeiras posições depois dos blinds. AJ, AT, Ax, KQ, KJ, Kx, QJ, QT, Qx, JT, Jx e qualquer outra mão que não seja um par ou AK/AQ.

Um dos maiores dilemas que os jogadores de poker enfrentam é não saber onde estão durante um pote ou, pior ainda, se comprometendo com uma mão onde eles estão perdendo. Isso acontece com mais freqüência quando um jogador joga mãos dominadas... uma mão que acerta o flop mas é frequentemente batida pela força do kicker. Tipicamente, isso acontece quando um jogador paga um raise com AT ou KJ e acerta top pair no flop. Para todos os jogadores, exceto os mais experientes (embora eles também lutem com isso), essa situação leva a uma decisão difícil e pode te levar a eliminação. Se o jogador que aumentou pré-flop aposta, você não pode ter certeza se sua mão é melhor por causa do seu kicker. Se você aplica um re-raise para se situar e o jogador mais uma vez aumenta, você terá comprometido uma porção significante do seu stack com uma mão marginal.

Este exercício tem como objetivo te mostrar o valor em desistir de mãos dominadas. Pergunte-se sobre este tipo de mãos. Quanto você perdeu ou ganhou quando jogou estas mãos? Houve alguma situação onde jogar uma mão dominada era a coisa certa a fazer? Se sim, quando e por quê? Estude este tipo de mãos e as diferentes situações geradas por elas e você entenderá sua força e fraqueza e qual a hora certa de jogar ou não jogar estas mãos.

Dia Dois – Aumentando contra raises por posição

Instruções: Sempre que um jogador aumentar uma posição antes do cutoff, do cutoff ou do botão, aplique um re-raise de 2x o raise total com qualquer mão. Por exemplo, se um jogador aumentar para 600 com os blinds em 100/200 do cutoff e você estiver no botão com 72o, aumente 1200 para 1800.

Todos roubam. É uma das coisas mais engraçadas no poker. Frustra o seu oponente e te dá fichas com risco mínimo. Por que funciona tão bem? Porque a maioria dos jogadores, por natureza, é orientada pela sobrevivência e não querem arriscar suas fichas sem uma boa mão. Se eles enfrentam um re-raise, eles geralmente darão o fold, sem importar se pensam que o oponente está blefando.

Este exercício tem por objetivo te tirar da zona de conforto ao te mostrar a eficiência do re-steal. Você aprenderá que, com mais frequencia do que você imagina, os jogadores aumentam mas não querem confronto. Quando aplicar este exercício, perceba quando o re-steal funciona ou não funciona. Veja com que frequencia o jogador que aumentou desiste de sua mão. O que isso te diz? Se ele der apenas call, eles passam a ação para você depois do flop? Por que isto é importante? Ao adicionar este elemento ao seu jogo, você poderá ganhar potes contra os oponentes agressivos. Um ou dois potes desses por torneio pode causar um impacto significante em seus resultados.

Dia Três – Usando posição para ganhar potes depois do flop

Instruções: Sempre que você estiver no cutoff ou no botão, pague para ver o flop, desde que o raise seja menor do que 4x o big blind ou que não tenha havido um raise e re-raise. No flop, se seu oponente der check, aposte metade do pote, independentemente da sua mão. Se ele apostar, pague qualquer aposta, desde que não seja um all-in, e que a aposta não seja maior do que o tamanho do pote.

Mais importante do que as cartas, a posição é a maior vantagem que um jogador de poker pode ter sobre o seu oponente. Isso permite a sua reação sobre a ação dele. Não precisamos adivinhar o que eles farão, porque já saberemos. Quantas vezes você viu uma mão onde todos deram check até o jogador no botão, ele aposta e todos dão fold? Você acha que o botão tem uma boa mão sempre que isso acontece? Claro que não. O que ele tem é o conhecimento que ninguém gostou da sua mão até agora, ou que estão aplicando o slow-play e podem ter até mesmo um draw. Se alguém aumentar, a decisão do botão é geralmente fácil. Se derem call, o botão pode usar sua posição novamente no turn para tomar sua decisão, baseado na informação que ele já terá.

Este exercício servirá para te mostrar como a posição no poker é poderosa. Se você estudar isso com atenção, você entenderá como usar a posição pode ser uma arma poderosa no poker.

Dia Quatro – Liderando depois do flop

Instruções: Sempre que você tiver a oportunidade de agir primeiro (o que significa que ninguém apostou ainda) no flop com menos de três oponentes, aposte metade do pote, independentemente de suas cartas.

Todos nós sabemos que o flop não ajuda os jogadores 2/3 das vezes e que o pote irá para o jogador que fizer a primeira aposta. Você já deve ter visto mais de uma mão na televisão onde um jogador ganhou o pote apostando com 7-high em um flop com Ás, Dama e Nove. Por que isso funciona com tanta freqüência? Um, porque você coloca uma dúvida na cabeça de seu oponente. Ele não saberá se você tem ou não o As. Ele pode desistir de uma mão como Q-J por acreditar que você tem o Ás. A aposta representa algo para seu oponente... uma mão que pode ganhar dele... uma mão da qual ele tem medo. Se ele der call, eles sabem que enfrentam a possibilidade de outra aposta no turn. Se ele pensar no raise, ele sabe que terá que desistir no caso de um re-raise. Este medo faz com que ele desista.

Este exercício serve para te mostrar o poder de liderar as apostas no flop. Não funciona sempre, portanto você precisa determinar quando não funciona e por que. Quando funcionar, perceba contra que tipos de jogadores você estava jogando, e que tipos de flop são os melhores para tomar a frente e apostar.

Dia Cinco – Jogando grandes draws agressivamente

Instruções: Sempre que você tiver um draw no flop com mais de 12 outs para o que você acha ser a mão vencedora, aposte ½ pote se for o primeiro a agir e mova all-in se alguém já apostou antes. Exemplos destes draws são straight e flush draws (você tem 87 de ouros em um flop com 9-6-2 e duas de ouros), e straight ou flush draws com duas cartas maiores (como KQ em um flop com JT3).

Quantas vezes você já fez o seguinte? Viu um flop com suited connectors e flopou um draw monstro, como duas pontas para straigt flush. Você tem 15 outs. Um de seus oponentes aposta o pote e você dá call. Você não acerta o seu draw no turn e seu oponente aposta mais uma vez. Você dá mais um call. Por que não, já que você tem um grande draw! O river não traz nada para você e seu oponente aposta novamente. Você desiste depois de perder 1/3 do seu stack perseguindo um draw que não bateu. Ou ainda pior, que tal quando você acerta a sua mão no turn e seu oponente dá check e fold quando você aposta? Que desperdício!

O problema é que muitos jogadores PAGAM ou dão CECK com estes draws, ao invés de apostar ou aumentar com eles. Apostar/aumentar cumpre dois objetivos importantes. Primeiro, te dá uma opção extra de ganhar a mão quando o seu oponente dá fold. O mais importante, no entanto, é que você será pago quando atingir o seu draw. Você é matematicamente favorito para ganhar a mão, portanto se assegure de tirar valor destas mãos.

Este exercício irá forçá-lo a jogar seus draws agressivamente, para te mostrar como os dois objetivos principais são atingidos. Sim, você perderá algumas vezes ao jogar seus draws assim, mas você verá que no longo prazo você ganha muito mais ao jogar seus draws agressivamente do que ganharia se os jogasse de maneira passiva. Tente e comprove.

Dia Seis – Jogando às cegas

Instruções: Jogue sem ver suas cartas. Se você estiver jogando online, cubra suas cartas com alguma coisa. Se estiver jogando ao vivo, finja que viu suas cartas, mas não olhe.

Muitos jogadores de poker guiam suas decisões através de suas cartas. Mas o que você faria se você não soubesse quais são suas cartas? O jogo se torna, de uma hora pra outra, muito mais difícil, certo? Lembre-se que o No Limit Hold’em é um jogo de pessoas, não de cartas. O que mais importa é como os seus oponentes jogam quais são suas tendências, posição, stacks...

Este exercício irá forçá-lo a se concentrar apenas nestes fatores.Você não apostará porque flopou um full house, pois não saberá. O que você poderá fazer será usar as fraquezas de seus oponentes para ganhar os potes. Você precisará estudar seus oponentes como nunca antes... e no final acabará aprendendo uma nova maneira de ganhar os potes.

Como você pode ganhar potes sem saber quais são suas cartas? Muitos dos conceitos que você usou nos cinco primeiros dias serão bem-vindos aqui. Algumas outras possibilidades para se considerar incluem roubar em posição, usar o fold equity para forçar o fold de jogadores com stacks médios ou curtos e usar pot odds para dar call com qualquer mão quando receber o preço correto para pagar.

E no Dia Sete...

Fazer coisas com as quais você não está acostumado pode tornar a vida, e o poker, mais difíceis. Nós somos, por natureza, criaturas de hábitos. É fácil cairmos em padrões ao fazer as mesmas coisas dia após dia. Infelizmente, os padrões no poker podem levá-lo a falência. Espero que o que você aprendeu nestes seis dias de exercícios permita que você se torne imprevisível e que te ajude a atingir o sucesso no poker. Eu o desafio a tentar ser diferente. Trabalhe duro, estude o jogo e suas cartas não mais importarão. Seis dias não são nem de longe o suficiente para te tornar um mestre, mas é um começo!!!

*Teste suas habilidades com os Freerolls oferecidos pelo PokerWorks*