Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Estratégia | Estratégia Torneios

A Importância Da Posição

Imprimir
Compartilhe
Não São Somente As Cartas

Eu digo a meus alunos o tempo todo – Posição é Poder. Este simples fato é tão importante em toda decisão no poker que eu decidi usar um artigo inteiro para discutir a importância da posição. Eu vou fazer isso mostrando porque a posição é tão importante, com alguns exemplos.

#1 – Informação, informação, informação

Poder ver o que os outros jogadores farão primeiro dá ao jogador em posição uma grande vantagem tática sobre seus oponentes. Se você acertou top par e top kicker, esta mão você jogará com mais freqüência do que não. Em posição inicial ou média, você irá sem dúvidas apostar, pagar uma aposta ou aumentar. E se a ação chega com uma aposta e um raise antes da sua vez? De repente, seu top par/top kicker não parece tão bom. Se você estivesse nas posições iniciais, você já teria um número significante de fichas no pote, mas nas posições finais você poderá salvar estas fichas, pois você já tem a informação disponível.

#2 – Especular em posição é muito mais fácil do que quando está sem posição

As outras idéias todas são baseadas de alguma forma no exemplo #1. A informação o permite fazer muitas coisas como um jogador de poker. Uma delas é especular. O que eu quero dizer com isso? Digamos que você tem uma grande mão especulativa como 7-6 suited. Esta mão talvez não seja tão boa nas posições iniciais, já que você não pode pagar um raise ou aplicar um re-raise com ela. No entanto, nas posições finais você já tem um conhecimento maior do que está acontecendo na mão e estas mãos especulativas são mais “jogáveis”.

Deixe-me usar um exemplo de um torneio que eu joguei no Full Tilt Poker hoje. Um jogador sólido, tight aumentou como primeiro a agir em posição média, com um raise de 3x o big blind. Eu estava no botão com 7-5 de espadas e paguei a aposta. O jogador no big blind, loose aggressive aumentou mais 200 fichas (os blinds eram 25/50), e esta aposta foi paga pelo jogador em middle position. Com 875 fichas no pote, eu coloquei as 200 fichas a mais. Se eu estivesse em posição inicial e tivesse dado limp com esta mão, eu teria que dar fold para o raise/re-raise, por não saber o que o primeiro jogador a aumentar faria. Por estar em posição, eu tenho certeza que eu estarei encerrando a ação e posso continuar especulando com minha mão. O flop foi 8-6-4, o jogador loose apostou 750, o jogador em MP deu fold e eu dobrei minhas fichas contra o par de noves de meu oponente.

#3 – Fazer “moves” se torna bem mais fácil

Para ter sucesso em torneios de poker, você terá que eventualmente disparar para levar alguns potes sem ter uma mão. É muito mais fácil fazer isso sem nada quando seus oponentes demonstraram pouco ou nenhum interesse pelo pote. Se você é um dos primeiros a agir, é difícil determinar o interesse de seus oponentes na mão, mas como último a agir você já tem uma boa idéia do que eles pensam. Vamos ver alguns exemplos para mostrar o que estou falando.

Exemplo 1 – (fora de posição) – você está jogando um torneio online no PokerStars e vê um flop com par de setes. O flop vem com 10-5-2. Você não tem certeza se este flop ajudou algum de seus oponentes e não se sente confortável em apostar. Um jogador em middle position aposta com par de quatros e você desiste da sua mão.

Exemplo 1 – (em posição) – você tem par de setes e vê o flop do botão. O flop vem com 10-5-2 e todos dão check até você, incluindo o jogador com par de quatros, que não se sente confortável com sua mão. Você aposta e todos desistem.

Exemplo 2 – (fora de posição) – Você tem A-K e aumenta pré-flop, sendo pago por um oponente. O flop vem J-5-5. Você faz uma continuação de sua aposta e seu oponente dá raise com A-9 suited, e você dá fold.

Exemplo 2 – (em posição) – um jogador dá limp e você aumenta com seu A-K. O jogador que entrou de limp paga a aposta com A-9 suited e dá check quando o flop vem com J-5-5. Você aposta e ele dá fold.

Em cada um destes exemplos, a diferença das mãos é que nas que você tinha posição, você tinha uma idéia clara de onde você estava. É por isso que eu digo que posição é poder. Ter posição o permitirá fazer muitas jogadas diferentes. Você está contra um jogador que sempre faz apostas de continuação? Em posição, você pode dar call no flop (com a esperança de levar o pote nas rodadas posteriores) com uma mão marginal ou sem absolutamente nada.

Como o flop geralmente não ajuda nenhum jogador ou torna suas mãos desconfortáveis, pois “parece” ter acertado sua mão, eles freqüentemente darão check para você no turn e river e você pode levar o pote que seria deles. Enquanto há maneiras de fazer o mesmo fora de posição, ter a posição torna isso muito mais fácil, e o mais importante, mais barato também.

Existem muitas outras maneiras de usar a posição para fazer um move. Eu falarei disso em outra parte, exclusivamente, portanto não falarei dos “moves” agora. Eu só quis ilustrar alguns exemplos para mostrar a diferença que a posição faz.

Na seqüência, entraremos na seleção de mãos pré-flop, incluindo uma tarefa que te fará jogar vários tipos de mãos baseado apenas na sua posição e na ação de seus oponentes.