Cookies on the PokerWorks Website

We use cookies to ensure that we give you the best experience on our website. If you continue without changing your settings, we'll assume that you are happy to receive all cookies on the PokerWorks website. However, if you would like to, you can change your cookie settings at any time.

Continue using cookies

Estratégia | Estratégia Avançada

O Tamanho É Importante – Especialmente Quando Se Trata Do Seu Stack

Imprimir
Compartilhe
Quantas vezes você estava jogando um cash game ou torneio e alguém perguntou quantas fichas você tinha? Porque eles perguntam isso? Alguns jogadores podem estar querendo apenas pegar alguma informação pela maneira que você responde, mas a razão principal é que o tamanho do seu stack irá influenciar com freqüência a decisão de seus oponentes. Se você tem mais fichas do que eles ou pode causar um grande estrago em seus stacks, isso afetará a decisão que ele irá tomar. O mesmo pode ser dito se você estiver muito short stack ou se eles tiverem muito mais fichas do que você. Não cometa erros, o tamanho é importante. E muito.

Existem geralmente três tipos de tamanho de stacks, Short, médio e big. Eu classificarei como short stack alguém que tiver menos de 10 blinds. Um stack médio é aquele entre 10 e 40 big blinds e o big stack é o com mais de 40 blinds. Vamos olhar de perto cada um destes três diferentes tipos e como isso pode impactar o nosso jogo.

Short Stack

Quando você está short stack, você geralmente tem duas jogadas. All-in ou fold. Você também não tem equidade para o fold, o que significa que você não pode mover all-in sobre o raise de outro jogador e forçar o seu fold. Você simplesmente não tem fichas suficientes para induzir o fold por questões matemáticas. Aqui você está procurando por mãos com algum valor para o showdown, como pares e cartas altas, pois você será pago com freqüência. Alguns profissionais também defendem a tese de jogar mãos com cartas conectadas do mesmo naipe nestas circunstancias, pois a chance de você se encontrar dominado quando for pago é menor.

Como um short stack, especialmente na casa de 6 a 10 big blinds, é quase sempre melhor ser o jogador que abre a ação, pois você força as pessoas a tomarem decisões por uma quantidade significativa de fichas. Oito big blinds não tornam o call fácil para um jogador que tenha entre 20 e 30 big blinds. No entanto, é um call fácil quando eles já colocaram 3 ou 4 big blinds no pote com um raise. De fato, é melhor mover all-in com uma mão como K-10 do que dar o call com uma mão como K-J ou K-Q. Ao menos quando você move all-in você tem duas chances de ganhar. A primeira, com o fold de seus oponentes e a segunda é ganhando no showdown se você for pago. Se você der o call, a sua única chance de vencer é no showdown.

Stack Médio

Como um stack médio, você tem bem mais espaço para manobrar do que o short stack. Por exemplo, digamos que você tem um par de Valetes e 40 big blinds. Um jogador em posição média aumenta 4 big blinds. Se você fosse um short stack, sua decisão já estaria tomada – all-in. Com um stack médio, no entanto, você tem algumas possibilidades (o fold não é uma delas). Você pode dar o call, aumentar pouco ou anunciar all-in. Não há praticamente diferença entre aumentar pouco e mover all-in. Aumentando para 15-20 big blinds é quase o mesmo que anunciar all-in. O problema com esta jogada é que você geralmente só receberá o call quando estiver perdendo. Você pode aumentar um montante menor, digamos 10 big blinds, se não tiver certeza de que sua mão é a melhor e quiser definir a mão de seu oponente. Há também a opção de pagar e ver o flop. Você não teria todas estas opções se estivesse short stack.

Big Stack

Como um big stack, você tem bastante liberdade e pode variar o seu jogo. É aqui que o poker verdadeiro é jogado. Você pode fazer “moves” que jogadores com stack médio e short não podem, já que você não tem o medo de ser eliminado em uma mão. Uma coisa que o big stack faz é alterar o pensamento de seu oponente. Digamos que você tenha 100 big blinds e seu oponente 40. Os dois vêem um flop e você aposta ¾ do pote, 7 big blinds. Você não tem nada, mas não importa. 7 blinds não é muito em relação aos 100, e você ainda pode fazer mais uma aposta na próxima rodada para influenciar a decisão do jogador com 40 blinds. Eles sabem que se pagarem, provavelmente enfrentarão mais uma aposta no turn que o colocarão em all-in, e eles provavelmente só continuarão na mão se tiverem certeza de que estão ganhando. Um blefe de um big stack tem uma probabilidade muito maior de sucesso por causa disso. Aqui o seu stack tem um impacto positivo, pois você força o erro de seu oponente.

Na próxima vez que alguém perguntar “o tamanho é importante”, só há uma resposta que você pode dar a ele: Absolutamente!